Banda Os Remanescentes lança álbum 30 anos após a gravação

 Banda Os Remanescentes lança álbum 30 anos após a gravação
Compartilhe

O disco da banda Os Remanescente de 1991 chega às plataformas digitais no dia 24 de setembro para lançamento oficial. O álbum  “Só Remanescente Ficará” traz hits do reggae nacional como “Basta Man”, “Policiar Sim Malícia Não” e “Roda Pião” em versões originais e chega 30 anos depois da sua gravação realizada entre 1990 e 91, no Estúdio WR em Salvador.

“A conclusão deste disco está sendo muito valiosa para todos nós, é o fechamento de um ciclo importante na vida dos artistas e das nossas famílias. Esse álbum tem trinta anos de prospecção de lançamento, eu tenho 31 anos de idade, estão sendo muitos reencontros. Hoje olhando, refazendo os caminhos, eu consigo perceber que muito de mim e da minha vida profissional na arte, atravessa a história ou a não história desse álbum.”, comenta Rute Mascarenhas, gestora do projeto e filha do baixista Remanescente Marco Oliveira.

Com o passar dos anos, o material que estava no Estúdio WR se perdeu, e o desenvolvimento do restauro se deu a partir da desaceleração, limpeza e remasterização dos fonogramas anteriormente vazados, encontrados em arquivos digitais na rede. As faixas do disco “Sementes do Amor” foram um marco simbólico na música popular da Bahia. O restauro traz onze faixas e será lançado pelo selo SurfoReggae, um dos principais meios de comunicação totalmente voltados ao Reggae no Brasil.

Capa do álbum

Os fonogramas restaurados e remasterizados pelos produtores musicais DJ Raíz, DJ Leandro Vitrola e Augusto Júnior, combinaram técnicas de discotecagem, com equalizadores e compressores, para reconstruir e qualificar os arquivos danificados. A remasterização do disco foi realizada em duas etapas, em Salvador, nos Estúdios Freedom Soul Rec e WR, e em Santo Antônio de Jesus, no Universo Verde Studio.

Com capa de Ricardo Fernandes inspirada em discos lançados nos anos 90, a arte tenta imaginar como teria sido produzida na época e traz no tratamento marcas de desgastes da ação do tempo. A fotografia de David Glat que ilustra a capa, é o registro original produzido no período para estampar o disco que seria lançado em 1991.

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *